sábado, 6 de fevereiro de 2010

Projeto Filho da Região parte V


Será esse o possivel "Filho da Região"?


Flaviano Monteiro, o professor, tem um trabalho significativo nos movimentos sociais do municipio de Apodi, coordenou o Forum de Entidades durante muito tempo, é conhecido a nivel de Estado, e foi o candidato que quase foi eleito prefeito de Apodi.

Após a eleição, Flaviano tem se mostrado um bom lider da oposição, sem imperrar os projetos do atual governo municipal, flaviano lidera uma grande massa nas basses dos movimentos sociais.

Hoje Flaviano é Presidente do PCdoB no municipio de Apodi, tem levado o partido a outros municipios, sem contar que é um dos grandes articuladores do projeto em debate.

Tem se mostrado como um dos nomes mais cotados para concorrer a vaga no Legislativo.


Será que o professor terá apoio necessário?

Será que os 'Movimentos Sociais' de Apodi e região, erguerão essa bandeira de luta?


Será esse o nome que Apodi e região escolherá para representar a região do Médio Oeste?




Por_Jerlandio Moreira

3 comentários:

Anônimo disse...

Se eu fosse você Jerlâncio, me declararia logo a serviço da prefeitura. Fica mais elegante para você. Tire a foto do professor Flaviano dai, ele não merece, klinger já o humilhor demais.

Marmota Apodiense disse...

Quero lhe agradecer amigo anonimo, mais não responderei a suas acusações, visto que vc não se identificou.

Anônimo disse...

O problema do Flaviano é que, além de ser imaturo, é meio que arrogante. Cheguei a conclusão de que ele não quis ganhar a eleição. Pois, se ele quisesse ganhar a aleição teria aceitado o apoio de Pinheiro. Foi um esnobe. Achou que era lider o suficiente para ganhar a eleição. Alem do mais, foi mal assessorado como ainda hoje é. É preciso que alguem diga a ele que é preciso agir como um ser humano normal. Ele vive nas alturas. Ele pensa que o mundo é só aquilo que ele pensa. Amigo Flaviano para ser Deputado é preciso que tenha, pelos menos, um discurso convincente. Essa coisa de filho da terra é muito inexpressivo. Piégas.